Céu da Semana: de 04 a 10 de fevereiro de 2018

Semana de pós-eclipse, de descanso e de preparação para a lunação de Aquário e mais um eclipse que acontecerá no dia 15, dessa vez será um eclipse solar. Essa semana os relacionamentos estarão em evidência. Vênus faz aspecto positivo com Urano antes de ingressar em Peixes. Nos últimos dias do trânsito em Aquário, Vênus nos dará oportunidade de revolucionar e realizar as mudanças necessárias para vivenciar o amor de forma plena. Na quarta a Lua entra na fase Minguante que marca o fim da lunação de Capricórnio e de finalização dos projetos iniciados no início do mês. Hora de avaliar o que deu certo, o que ainda pode ter continuidade no próximo mês e o que deve ficar para trás. Os dias de folia poderão ser de descanso para alguns ou de total entrega e divertimento para outros. Vênus vai ingressar em Peixes no sábado, signo de seu domicílio e até o dia 06 de março viveremos momentos de muita entrega, sensibilidade e romantismo no amor. O carnaval deve ser regado a romance, encantamento e muita fantasia.

No domingo de madrugada Vênus em aspecto tenso com Júpiter pode deixar o despertar um pouco preguiçoso e pesado, já que a Lua também forma um aspecto difícil com Saturno. Mas no decorrer da manhã será possível ter mais descontração e energia. A Lua faz aspectos positivos com Marte e Mercúrio que favorecem o lazer, atividades ao ar livre, muita conversa e contato social. A noite o Sol em harmonia com a Lua traz vitalidade e bem-estar.

Na segunda de manhã a Lua em tensão com Plutão pode trazer contratempos durante a manhã e algumas explosões emocionais. No início da tarde a Lua faz aspecto positivo com Vênus que favorece os contatos sociais e os acordos. No final da tarde a Lua forma um aspecto difícil com Urano que pode ocasionar mudanças de planos, atrasos e imprevisibilidade. Em seguida, às 16h47, a Lua fica fora de curso até ingressar em Escorpião às 01h58 da manhã.

Na terça de manhã a Lua em Escorpião deixa o astral bastante intenso. Na véspera da Lua Minguante será positivo iniciar os processos de limpeza e purificação. A Lua em harmonia com Saturno nos dá foco e disciplina. A Lua em tensão com Mercúrio pode trazer dificuldades na comunicação e mal-entendidos. Vênus em harmonia com Urano nos permite seguir novos caminhos no amor. Os relacionamentos afetivos precisam passar por uma fase de evolução. Quem estiver disposto a quebrar padrões, crenças limitantes e respeitar o espaço do outro pode acessar um novo patamar na relação.

Na quarta de madrugada a Lua em harmonia com Netuno deixa o astral bastante sensível. Muita compreensão, empatia e conexão com a espiritualidade. Às 13h55 a Lua entra na fase Minguante e iniciamos um período de recolhimento e preparação para a Lua Nova e o eclipse solar que vai acontecer no dia 15. Descansar e recuperar as energias será essencial para enfrentar a fase de mudanças que iremos vivenciar. A Lua em aspecto positivo com Plutão renova as energias e à noite a Lua se alinha a Júpiter em uma conjunção que expande as emoções e nos deixa mais otimistas, generosos e amorosos.

Na quinta de manhã a Lua forma um aspecto difícil com Vênus que pode trazer dificuldades nas relações pessoais e nos assuntos domésticos. A Lua vai ficar fora de curso às 05h17 até ingressar em Sagitário às 11h55. A manhã pode se arrastar um pouco e a tarde deve se mais dinâmica. A noite também deve ser mais leve e descontraída.

Na sexta de madrugada a Lua se alinha em uma conjunção com Marte e o amanhecer pode ser um pouco turbulento. Podemos ficar impacientes e ansiosos. Não adianta ter pressa para resolver o que demanda tempo. Às vezes é necessário aguardar os acontecimentos. A Lua em tensão com Netuno à tarde pode nos deixar confusos e vulneráveis. Será importante respeitar a fase de introspecção da Lua Minguante.
A Lua em harmonia com Mercúrio no início da noite favorece os estudos.

No sábado de manhã a Lua forma um aspecto positivo com o Sol que traz vitalidade e disposição durante o dia. A Lua em harmonia com Urano renova os ares, traz novidades e favorece o contato com grupos e amigos. Às 14h39 a Lua fica fora de curso até ingressar em Capricórnio às 00h22. Vênus ingressa em Peixes e até o dia 06 de março estaremos mais sensíveis e românticos. Estaremos mais abertos ao amor, à compaixão e vamos manter a conexão com quem amamos. A vulnerabilidade também pode aumentar assim como a desilusão. Nada de colocar o outro num pedestal, pois podemos nos decepcionar. O Sol em tensão com Júpiter pode nos deixar arrogantes e com excesso de confiança. Com o início dos dias de folia, o desafio será controlar os excessos.

426052d6029813865d74442547f84ef3

Vênus em Peixes

Desde o dia 27 de janeiro Vênus, o planeta do Amor, está transitando majestosamente em Peixes, signo de sua exaltação e onde é muito bem recebida.

Quando Vênus transita por Peixes o astral fica mais romântico. O amor é valorizado, idealizado e a fantasia estimulada. É muito fácil se apaixonar durante o trânsito de Vênus em Peixes, pois este é o signo da sensibilidade,  da compreensão e do romantismo.

Durante este trânsito que vai até o dia 20 de fevereiro, Vênus fará aspectos significativos com Saturno, Netuno e Plutão. Assim que ingressou em Peixes, Vênus fez quadratura com Saturno, que pode ter dificultado a expressão do amor. Foram apresentadas dificuldades para a concretização dos nossos ideais amorosos. Saturno é concreto, prático, nos mostra a realidade e muitas vezes para colocar o amor em prática e realizar nossos sonhos, é preciso enfrentar muitos desafios.

Vênus também se encontrou com Netuno, regente de Peixes, numa conjunção. Netuno fortaleceu os ideais românticos de Vênus com muita sensibilidade, empatia e compaixão. Netuno reforça a necessidade de aceitação, entrega e de de viver o amor de forma incondicional, sem expectativas e ilusões.

A partir do dia 06 e até o dia 08, Vênus fará sextil com Plutão. Vênus e Plutão quando se encontram deixam o amor mais sensual, intenso e magnético. Plutão exerce um poder de atração fascinante e hipnótico em Vênus. Serão dias de muita entrega. Peixes também promove muita cura e junto com Plutão dará a oportunidade de regenerar algumas relações.
A empatia de Vênus em Peixes aliado ao poder transformador de Plutão pode curar feridas e ajudar a renovar a relação. E as relações íntimas precisam ser renovadas constantemente.

Uma das lições de Vênus em Peixes é aprender a vivenciar o amor divino, incondicional e desinteressado. O amor ágape, a mais elevada forma de amor. Quando Vênus em Peixes não entra nessa frequência, pode encontrar enganos e falsas expectativas no amor, pois vai projetar um ideal inatingível. O Amor Divino expressa-se através da arte, da música e das criações estéticas que ajudam a colocar mais beleza no mundo. A caridade, o trabalho voluntário e oferecer os dons e talentos a serviço do planeta também são expressões do amor ágape.

venus_peixesjpg

Vênus em Peixes – o amor está no ar!

Antes de começar a ler o texto, clique no vídeo abaixo, porque Vênus em Peixes merece um post com trilha sonora:

Agora que entrou no clima, já dá pra sentir como será a passagem do planeta do amor pelo décimo segundo signo do zodíaco.

Vênus ingressou em Peixes no dia 05 de abril e até o dia 02 de maio podemos ter uma certeza: serão dias mais românticos e delicados no amor. Quando Vênus transita por Peixes, signo em que está exaltada, ou seja, onde se sente bem e também é bem recebida, o melhor de Vênus é exaltado. A beleza, a arte, a harmonia, a sensibilidade e a expressão dos afetos.

Neste mês de abril, em que o Céu estará com aspectos tensos devido à energia bélica de Áries e a grande cruz cardinal que envolve os planetas Marte, Júpiter, Urano e Plutão, a suavidade e sensibilidade de Peixes atuarão como contraponto e nos ajudarão a suportar toda a pauleira deste período.

A compaixão, a generosidade, a empatia, a capacidade de se colocar no lugar do outro, de se entregar sem barreiras e fronteiras ao amor, serão o pano de fundo das relações. O amor em Peixes é romântico, idealizado. Somos enfeitiçados e parece que existe uma mágica. E de fato existe, se nos deixarmos contagiar pela magia e pelo romantismo.

O único porém é que Peixes também pode levar à confusão, ao escapismo, à dificuldade de enxergar a realidade e pode ser difícil a formação de relacionamentos firmes. E podem ocorrer desilusões e idealização excessiva. As expectativas podem ser altas demais e impossíveis de serem preenchidas.

A sensação de ligação com o outro é influenciada por anseios profundos e pelo impulso de unir-se psiquicamente ao outro; a empatia deriva da capacidade de se identificar com os sentimentos alheios.

Peixes implica em devoção, em amor desinteressado, em sacrifícios. Para que o amor verdadeiro aconteça é necessário que ele seja elevado, transcenda, fique acima dos interesses materiais e do ego. Peixes tem ligação com o divino, com o espiritual, com aquilo que é subjetivo e abstrato. Quando os interesses pessoais estão envolvidos e principalmente os interesses do ego, o amor fica preso, confuso e sofre.

Para o amor acontecer, é preciso deixar as emoções fluírem, ter confiança e acreditar no impossível, mas com leveza. É preciso deixar as coisas acontecerem, sem criar expectativas, sem idealização porque o amor é sublime, mas o ser amado é real.

Para entrar na sintonia com a energia, é importante abrir o canal da sensibilidade, seja através do contato com a arte, com a música, com a dança,com a meditação, com eventos religiosos. Ter contato com o mar, gestos solidários e entrar em comunhão consigo mesmo e com o divino.

venus