Sol em Aquário

O Sol ingressou no signo de Aquário na segunda, dia 20/01  e durante este ciclo (até o dia 18/02) a energia volta-se para o bem-estar da sociedade através da inovação, da liberdade, dos conceitos teóricos e da tecnologia. O lema dos aquarianos é o mesmo da Revolução Francesa: Liberdade, Igualdade e Fraternidade. E falando em Revolução, Aquário é o signo dos revolucionários.

Mudança, progresso e futuro. A energia que conduz este signo baseia-se nestas premissas. As novas ideias, a criatividade  e o contato com o novo estão favorecidos. Este é o momento de pensar nos projetos para o futuro e principalmente pensar no bem-estar da sociedade, do coletivo, das causas sociais.

Aquário é um signo impessoal e lida com o conflito entre o grupo e a sua própria individualidade. O Sol está em exílio ou detrimento aqui, pois a característica essencial do Sol é a expressão da individualidade, da vontade, da identidade. Em Aquário essa expressão fica difícil porque não existe a expressão de uma luz individual, não há somente um brilho e sim o brilho do coletivo. Mas isso não significa que o aquariano tem dificuldade de expressar a sua vontade, a sua identidade e o seu brilho. Pelo contrário, o aquariano consegue ser único, pois possui a liberdade, a lealdade e a coragem de ser o que ele é de forma verdadeira, sem estar preso aos padrões impostos. O papel dos aquarianos é justamente esse: romper com o antigo e quebrar padrões.

Por isso, a originalidade e a excentricidade são marcas deste signo que busca a experimentação. Apesar de ser um signo fixo, busca o novo, mas insiste na sua ideia. E a expressão negativa da energia ocorre quando ele quer romper e quebrar padrões a qualquer custo e nesse momento pode ser autoritário, cruel e rebelde. Além de espírito de porco, o aquariano quando não sabe o que quer gosta de provocar, de chocar, ser do contra, ser o diferente.

Como é um signo do elemento Ar, vive no mundo das ideias, no racional e não consegue expressar as suas emoções. Como pensa no coletivo, no grupo, numa causa maior, não consegue se sensibilizar com uma questão individual. Ele enxerga o todo, os problemas da Humanidade e não uma causa individual.

Você vai encontrar muitos aquarianos em organizações não governamentais, humanitárias, movimentos sociais, manifestações, eles irão brigar pelo grupo. E também na política. Muitos políticos são aquarianos ou possuem o Sol na Casa 11 (a casa que representa Aquário no Zodíaco) ou tem o planeta Urano forte no mapa (Urano é o regente moderno deste signo).

Aproveite a energia disponível deste mês para seguir a verdade, pensar no coletivo e principalmente na sua relação de indivíduo dentro do coletivo. Busque o respeito e a liberdade para a evolução e o bem-estar da sua comunidade e de toda a sociedade.

Outro ponto fundamental da energia deste mês: valorizar a amizade. A amizade é a base fundamental  para construção de relações positivas e do convívio com outras pessoas. Portanto, busque relações saudáveis e valorize a amizade. Para os aquarianos a amizade é essencial.

Ilustração:  Ekaterina Koroleva.

Imagem

Capricórnio e o poder do impossível

O Sol ingressou em Capricórnio no sábado, dia 21/12, se juntou a Vênus que está transitando pelo signo da Cabra desde o início de novembro e hoje, 24/12, é a vez da comunicação ganhar um tom de seriedade. Mercúrio vai transitar por Capricórnio até o dia 11/01.

Durante o trânsito do Sol, Mercúrio e Vênus por Capricórnio, a expressão, vitalidade, comunicação e os relacionamentos de um modo geral terão como base questões práticas, realistas, responsáveis e em alguns momentos, interesseiras. “Interesseira” é uma palavra pejorativa, mas representa bem uma expressão negativa deste signo que busca atingir as suas metas e às vezes isso pode ser feito a qualquer custo.

Capricórnio é o décimo signo do zodíaco. É regido por Saturno, o senhor do tempo e representa a Casa 10, a casa de maior destaque e onde tudo fica à mostra. Por representar uma área pública, Capricórnio carrega um grande peso. Tem muita responsabilidade e neste ponto da jornada pelo zodíaco precisamos mostrar o que aprendemos até agora.

Para conseguir o que deseja, Capricórnio tem muito trabalho e de trabalho nenhum capricorniano tem medo. Ele se esforçará dia e noite na busca pela segurança e não medirá esforços. Muitas vezes ele pode parecer sério, mas a seriedade não tira o seu bom humor, que por sinal é um tipo de humor que não é para qualquer um: ácido, irônico e muito inteligente.

O tempo é outro grande aliado deste signo, pois é preciso de tempo para chegar a maturidade. Capricórnio pode demorar para conseguir algo, mas não se incomoda com isso porque não tem pressa e sabe que o melhor nunca vem fácil. O que vem fácil vai fácil e durabilidade é algo muito valorizado pelos capricornianos, mesmo nos dias de hoje onde tudo é descartável.

Os relacionamentos e parcerias que forem firmadas durante o longo trânsito de Vênus (até o dia 05 de março) e após o período da retrogradação (a partir de 01 de fevereiro) terão grandes chances de durar se forem baseadas na responsabilidade e construídas em bases sólidas. O período é favorável para um amor maduro, sincero e duradouro.

A seriedade também influenciará a comunicação, os contratos e tudo que envolve a fala e a escrita: aproveite os primeiros dias de janeiro para consolidar e formalizar questões profissionais. Os projetos de trabalho iniciados neste momento poderão render bons frutos no futuro.

No dia 11 de janeiro o Sol se encontra com Vênus retrógrada. Será importante reavaliar até esta data os relacionamentos, trabalho e principalmente os gastos. A conjunção trará luz para estas questões e devemos seguir em frente apenas com o que tem base de sustentação.

Capricórnio através da sua persistência é capaz de fazer o impossível. O Ano Novo vai começar com a Lua Nova de Capricórnio e toda essa energia empreendedora influenciará a entrada deste novo começo. Aproveite para se dedicar a concretização das suas metas e de tudo que pode parecer impossível para alguns. A energia deste momento vai nos mostrar que nada é impossível.

Image

imagem: Eu me chamo Antônio