A Mulher de Virgem

Virgem é o sexto signo do zodíaco. Tem analogia com a sexta casa astrológica, a última casa do ciclo de aprendizagem iniciado em Áries e que representa o nosso aprimoramento pessoal. Esse aprimoramento ocorre através da rotina, das mudanças e exercícios repetidos no cotidiano. Nesta área estão os cuidados com a saúde, alimentação, higiene, organização, a prestação de serviços e o trabalho. Quem tem a Lua em Virgem, o Sol ou Mercúrio na Casa 6 ou o ascendente em Virgem também tem uma forte afinidade com a energia deste signo.

A mulher de Virgem é pura.  Isso porque este signo representa a busca pela perfeição, a pureza e a minúcia. Por isso ela faz tudo com muita dedicação e se empenha para realizar todas as suas tarefas com primor. Ela tem satisfação em fazer um serviço bem feito, isso significa fazer tudo que está ao seu alcance da melhor maneira possível. Detalhista, perfeccionista e analítica. Nada escapa ao seu padrão de qualidade. Avaliação e perspicácia são dons inatos à virginiana. Ela analisa a realidade e segue a trilha dos fatos apresentados. É através da prática que se chega a perfeição.

A virginiana valoriza a rotina, pois é através das tarefas do cotidiano que ela se aperfeiçoa. E apesar da rotina ser desprezada e ter um sentido pejorativo para muitos, ela consegue encontrar prazer e tranquilidade nas ocupações diárias e se preocupa em melhorar a cada dia. A rotina para ela é o roteiro da vida e quando ela consegue seguir esse roteiro é porque está tudo bem. A segurança para ela está na manutenção dos seus hábitos.

O trabalho é algo é essencial e nunca um sacrifício ou castigo. O importante para ela não é o cargo que ocupa e sim o trabalho, a obra que realiza. A virginiana é aquela profissional especialista e que coloca a mão na massa. Ela usa a criatividade para realizar o seu trabalho e não desiste nas dificuldades. Não se deixa levar por pensamentos sombrios de que está sendo explorada, mas precisa de muita independência no trabalho. A virginiana é responsável e autocrítica e não precisa provar isso para ninguém, por isso não gosta de ser cobrada e nem fiscalizada. Sabe quais são os seus deveres.

A mulher de Virgem é a mais prestativa do zodíaco. A sua forma de demonstrar amor e carinho não é muito efusiva. Ela é tímida e reservada. Se sente pouco à vontade com atitudes emocionais extrovertidas e demonstra o seu amor através de atitudes. A sua demonstração de amor está na ajuda e no serviço prestado que ela oferece. O amor da virginiana é sério e é construído lentamente. É um amor maduro e muito fiel. Ama a longo prazo, quanto mais maduro o amor, mais doce ele se torna. Precisa de pausas e separações para avaliar se o amor é verdadeiro mesmo e a falta que o outro faz.

Avalia as pessoas pela utilidade, por aquilo que ela oferece, o que pode se tornar um ponto negativo, pois não consegue enxergar a essência das pessoas. A saúde, os cuidados e a higiene são questões inerentes à sua natureza, ela se preocupa com o bem-estar. A sua vaidade é a limpeza. Este é o signo da cura. Porém, a preocupação com a saúde pode ser excessiva e ela pode se tornar hipocondríaca. O trabalho pode virar uma compulsão e a sua baixa autoestima pode levá-la a sentir culpa do prazer. A mania de limpeza, ordem e arrumação pode se tornar um vício e a busca pela perfeição pode fazer com que ela se torne muito crítica, principalmente com quem ama.

 Virgem na via positiva: aprimoramento, amor maduro, sentido de utilidade, prestação de serviços, saúde física, sistema e métodos, organização, sentido prático.

Na via negativa: culpa pelo prazer, trabalho compulsivo, sabotagens, hipocondria, manias generalizadas, crítica impiedosa, frieza nas relações, ceticismo.

A virginiana detesta desorganização, ociosidade, gente pouco prática, falta de higiene, preguiça, infidelidade, desemprego, delírios emocionais, quebra da rotina, superficialidade, imperfeições e descuidos com a saúde.

virgo1

Sol em Leão

No dia 22 de julho o Sol ingressou no signo de Leão, o quinto signo do zodíaco e que tem analogia com a quinta casa astrológica, que representa os nossos talentos, a criatividade, hobbies, diversão, filhos, crianças, alegria de viver, vocação, os romances, nossa expressão sexual, os prazeres e o arquétipo do pai, por conta do seu regente, o Sol.

Há 14 dias que o astral está mais alegre, vivo e com muito brilho, por conta da energia de Leão, signo regido pelo Sol. O astro-rei que traz luz para as nossas vidas.

A figura do Leão simboliza a força, a autoridade humana e divina e o poder de comando do rei dos animais. Assim, os nativos deste signo causam impacto. Dificilmente entram em algum lugar sem chamar a atenção. Impõem-se tão seguros e confiantes que emanam um magnetismo altamente contagiante. Os leoninos sabem e gostam disso e agem assim quase naturalmente.

Os leoninos vivem em busca do grande amor. Um amor grandioso e não uma simples troca afetiva e calma. O amor precisa de demonstrações e o clima dos primeiros encontros tem que ser mantido. Eles precisam se sentir sempre como no início do namoro, com expectativas inquietantes. Ficam felizes em fazer o outro feliz, mas essa satisfação tem que ser na mesma dose, tem que ter reciprocidade e intensidade.

O amor é tão presente na vida dos leoninos, que esse amor não representa somente o amor que é oferecido aos outros, mas principalmente o amor que eles sentem por eles mesmos. Eles precisam de plenitude em cada encontro. O sentimento leonino é a extensão do seu amor próprio. Quando está apaixonado, o leonino sente-se realmente em sintonia com a sua missão nesta existência. E esse conceito de amor é amplo. Representa o amor à vida, a criatividade e o desenvolvimento dos seus talentos.

Em tudo o que faz o leonino empresta o seu brilho, a sua luz e principalmente o seu amor. Ele precisa desenvolver os seus talentos e no trabalho aplica essa mesma paixão que tem pela vida. Precisa exercer a sua vocação, a sua arte pessoal e não apenas no sentido artístico. Em qualquer profissão que atue, ele faz com que a sua expressão pessoal e o seu brilho tenham destaque. O leonino trabalha de forma única e com maestria e deixa sempre a sua marca.

Mas, todo esse esplendor precisa de equilíbrio. Como é regido pelo Sol, que representa a vida e a luz, o leonino não precisa ficar cego em busca desse brilho que acontece naturalmente. Por isso precisa ter cuidado para não se tornar soberbo, arrogante, autoritário, orgulhoso e vaidoso. O complexo de pavão e de “César” acontecem quando ele deseja ser único e se imagina como uma personalidade tão extraordinária que deve estar sempre em primeiro plano. Um verdadeiro rei não precisa ser prepotente e autoritário, exerce o seu poder de forma espontânea.

Leão na via positiva: autoestima, autoridade, capacidade de amar, namoros, lazer, vocação, figura do pai e dos filhos, professor e ator, nobreza de caráter e prazer de viver.

Na via negativa: vaidade, autoritarismo, exibicionismo, infidelidade afetiva, ataques de ira, prepotência, egocentrismo, narcisismo e orgulho.

Leão detesta críticas, falta de lazer, falta de platéia e de aplausos. Desamor? Nem pensar! Leoninos seguem a linha do “Mais amor, por favor”. Não gostam de ser desautorizados, de ter a liberdade limitada, de ficar sem refeições e sono na hora certa. Não gostam de ser cobrados, esquecidos e de receber ordens autoritárias.

Durante o trânsito do Sol por este signo, todos nós conseguimos expressar mais facilmente os nossos talentos, criatividade, amor e principalmente a nossa luz interior.

Ilustração:  Ekaterina Koroleva.

leao

Sol em Câncer

Desde o dia 21 de junho o Sol está transitando por Câncer e com a lunação neste signo que ocorreu no dia 27, podemos sentir de maneira mais intensa a atmosfera emocional do quarto signo do zodíaco e que tem analogia com a quarta casa astrológica.

Câncer é o signo que representa a família, o passado, a memória, as nossas raízes, a pátria, a nossa base e alicerce. Representa também o feminino: a mãe e a mulher. É orientado pelo sentimento, pela sensibilidade e pela inteligência emocional. Quem tem a Lua em Câncer, na primeira casa, ascendente em Câncer ou Sol na casa quatro também tem uma forte afinidade com energia deste signo.

Romântico, sensível, frágil e sentimental: a família está acima de tudo para os cancerianos. Assim como o caranguejo, às vezes eles usam a “casca dura” para se proteger, mas eles tem coração mole e derretem-se facilmente. Como é regido pela Lua, as suas emoções podem mudar como as fases da Lua, por isso são aquelas “pessoas de fases”. A intuição é muito forte e sentem tudo que está acontecendo no ambiente.

No amor buscam proteção. Precisam se sentir amparados pelo parceiro que precisa ser alguém forte. Mas eles também são como uma fortaleza e fazem de tudo para proteger aqueles que amam: os pais, filhos, amigos e o companheiro. A família está em primeiro lugar e precisam de um companheiro que compreenda o fluxo de emoções deles e assim se entregarão de corpo e alma na relação.

O ar maternal faz com que o canceriano se comporte como uma “mãezona”. Ele vai querer alimentar e proteger todos: amigos, familiares, filhos, companheiro ou companheira. Ninguém escapa da proteção do canceriano que reage com sensibilidade, às vezes exagerada e protecionismo em relação a si mesmo e aos outros. Sente-se seguro quando recebe e dispensa cuidados.

A segurança emocional é fundamental para os cancerianos que precisam se sentir à vontade e protegidos o tempo todo. Essa segurança também acontece no campo material e na relação que eles tem com o dinheiro. O dinheiro é importante para proporcionar segurança e por isso eles vão poupar para garantir uma reserva. Levam o trabalho a sério e precisam de afeto, mesmo nas relações profissionais. Assim como uma criança, precisam se sentir aceitos no ambiente de trabalho. Convide-os para um almoço se quiser trocar ideias com eles.

O canceriano também pode ser muito carente. A busca por proteção pode fazer com que ele dependa emocionalmente dos outros ou se prenda a hábitos. Pode ter uma inconstância emocional e ir da euforia à tristeza. Pode ficar mal-humorado, irritado e até deprimido. Pode ser resmungão e ter muitos medos, bloqueios e inseguranças. O medo de ficar sem dinheiro pode fazer do canceriano um poupador compulsivo. E pode ficar muito preso ao passado. O excesso de nostalgia pode fazer com que ele valorize mais o passado e não consiga enxergar novas possibilidades no presente.

Câncer na via positiva: instinto maternal, sensibilidade, intuição, acolhimento, emoção, hereditariedade e proteção.

Na via negativa: chantagens, medos, lamúrias, inconstância, superproteção, dependência afetiva, desequilíbrio emocional e cobranças afetivas.

O canceriano detesta ficar muito tempo fora de casa, horários rígidos, pessoas nervosas e agitadas, rejeição de familiares e abandono dos filhos, partidas e despedidas, lugares desconhecidos, pessoas agressivas e mandonas, desfazer-se de lembranças do passado, frieza e rigidez, desentendimentos na família, ingratidão e fazer refeições sozinho.

Dessa forma, todos nós seremos envolvidos por essa atmosfera de sensibilidade durante o trânsito do Sol pelo signo de Câncer, que será até o dia 22 de julho.

Ilustração Ekaterina Koroleva

cancer

 

Sol em Gêmeos

À meia-noite do dia 21 de maio o Sol ingressa no terceiro signo do zodíaco, Gêmeos, o signo duplo, dos inquietos, dos irmãos, da comunicação e do conhecimento. Gêmeos é um signo do elemento ar, regido por Mercúrio, o Deus mensageiro.

Neste momento da jornada, chegou a hora de fazer contatos, buscar conhecimento, trocar informações, divulgar os planos e projetos iniciados em Áries e concretizados em Touro. Agora é hora de fazer perguntas, muitas vezes sem respostas, para que seja possível trazer a compreensão e o conhecimento.

Gêmeos representa o movimento. É um signo mental, o primeiro do elemento ar que domina o mundo das ideias arquetípicas além do véu do mundo físico. No elemento ar, a energia cósmica atualiza-se em padrões específicos de pensamentos. Existe uma necessidade interior de distanciar-se das experiências imediatas da vida cotidiana, e isso para dar objetividade, perspectiva e um enfoque racional e ponderado a tudo que fazemos.

No primeiro nível do elemento ar, encontramos os contatos iniciais, o convívio com os irmãos, as relações com os vizinhos, a comunicação imediata e o conhecimento primário, as descobertas. Gêmeos rege a terceira casa do zodíaco que representa os contatos, o conhecimento e o movimento.

Aqui a curiosidade, a vontade de aprender e se locomover são fortes. E por isso os geminianos são dispersos, ávidos pela busca e conseguem realizar várias atividades ao mesmo tempo.

A energia criativa volta-se para a percepção, a coleta de fatos, a formulação de perguntas e a descoberta de conexão entre as ideias. Existe uma necessidade de expressar-se verbalmente e ser reconhecido pela capacidade intelectual. Irradia uma energia instável, loquaz, mental. Dificuldade em empenhar-se continuamente numa só área devido à ampla diversidade de interesses.

Aproveite o trânsito do Sol pelo signo de Gêmeos, até o dia 21 de junho, para fazer cursos, contatos, comunicar-se, circular, fazer pequenas viagens, conhecer pessoas e promover o conhecimento. Durante este período as ideias irão fluir de maneira fácil, viva, dinâmica, rápida e muito natural.

Ilustração de Mônica Brandão – Céu do Dia (http://ceudodia.weebly.com/)
Imagem

Sol em Touro

Ontem o Sol ingressou no segundo signo do Zodíaco, regido pelo planeta Vênus e do elemento Terra. Neste momento da jornada somos convidados a cair na realidade, a colocar os pés no chão. O papel de Touro é fazer crescer as sementes, as ideias que foram plantadas, iniciadas em Áries. Agora veremos o que pode ser aproveitado e cuidar para que não sejam perdidas. O mês de Touro é um mês de muito trabalho, força e paciência. Durante os próximos 30 dias (até o dia 21 de maio)  teremos que ser mais persistentes, pois depois do período de empolgação e energia de Áries teremos que encarar os limites da matéria e da realidade.

Falando em matéria, Touro é um signo muito voltado para a natureza, para as sensações e para a matéria. É ligado no aqui e ao agora, no concreto, no palpável. Tem dificuldades de enxergar o que está além do que pode tocar e sentir. Por um lado é bom, pois consegue ter foco naquilo que precisa realizar, mas o lado negativo da energia é a dificuldade de avançar para outras possibilidades, principalmente se a situação em que estiver for confortável. E de conforto os taurinos gostam muito! Sair da zona de conforto é algo impossível para quem tem um forte energia deste signo. Mudar? Nem pensar! Na verdade este não é o papel da essência desta energia, mas os nativos deste signo devem buscar contatos com outras dimensões para evoluírem. Caso contrário serão teimosos e muito difíceis de lidar.

O taurino precisa de segurança e estabilidade, está sintonizado com o concreto, com o material, por isso que valoriza o corpo, a beleza, as boas sensações, os prazeres. Aprecia uma boa comida, um bom vinho, roupas de qualidade, joias, presentes, perfumes, precisa de coisas materiais e concretas para ter certeza do seu valor.

Quando são apresentadas ideias novas estas devem ser explicadas de preferência, em termos concretos e ponderados, dando também uma ideia de suas aplicações práticas. Os taurinos perdem o equilíbrio quando a estabilidade e a segurança são ameaçadas. Não conseguem lidar com constantes mudanças ou uma forma inconstante na maneira de tratá-los. Eles precisam de uniformidade e constância no dia-a dia e quando sentem-se ameaçados tornam-se emocionalmente possessivos.

Precisam ser constantemente aconchegados e acariciados, ter certeza de que não estão sozinhos. Esses nativos não se aborrecem com facilidade, suportando com paciência as mudanças emocionais que os outros costumam fazer recair sobre eles. Mas os taurinos não são insensíveis. Quando feridos profundamente, tome cuidado, pois existe  muita força escondida sob a sua superfície espessa, e quando essa força vem à tona, as coisas podem mudar irreversivelmente. Podem guardar rancor para sempre (assim como Escorpião) e uma vez que se decidem, fazê-los mudar de ideia pode ser um trabalho hercúleo.

O signo de Touro fornece um tipo de energia que é essencial para nós- a força de ajudar os outros em momentos difíceis- e as pessoas que tem influencia desse signo, quando ajudadas a se abrirem um pouco mais, tem muito a oferecer ao apoiar os outros. Apreciando a beleza e criando-a onde quer que estejam, esses nativos fornecerão a valiosa base sobre a qual tudo se apoia.

Ilustração:  Ekaterina Koroleva.

Imagem

Signo do Mês: Áries

Áries é o primeiro signo do zodíaco, pertence ao elemento Fogo e é regido pelo planeta Marte, o Deus da Guerra e por isso é um signo guerreiro, da luta, da cara e da coragem. O carneiro se lança ao mundo, mergulha de cabeça para enfrentar os desafios e topa qualquer parada. Ele tem a coragem necessária para encarar o desconhecido e por isso não tem medo. Emprega vontade e desejo em tudo que faz e briga por aquilo que acredita. Aliás, brigar é algo comum para o ariano. Adora uma briga e mesmo que ele não brigue diretamente, acaba quase sempre se envolvendo ou provocando alguma confusão.

O fogo de Áries é aquela chama inicial se que acende, o riscar do fósforo que começa pequeno, inocente e quando a gente se dá conta, já incendiou tudo. Inocência é uma palavra que simboliza bem este signo, pois representa a imaturidade. Áries ainda não passou pelos processos de toda a roda zodiacal, é o primeiro signo, desconhece o que vem pela frente. E por isso é corajoso, assim como as crianças, que confiam e se entregam naquilo que fazem.

São entusiasmados e empolgados como todo o signo de fogo, mas o ariano ainda carrega a energia de ser o primeiro, o desbravador. Como é um signo cardinal,  está sempre pronto para o começo, para iniciar algo, essa busca pelo novo é incessante e daí a dificuldade em concluir o que começou. Os arianos costumam deixar os projetos inacabados (porque na verdade o papel dele é iniciar, começar) e por isso que em uma equipe de trabalho é importante ter alguém com uma energia de concretização e o padrão fixo (Touro, Leão, Escorpião e Aquário) para que as ideias não fujam e os projetos não fiquem pelo meio do caminho.

Essa vontade de começar sempre algo novo traz impaciência também. O papel do Áries é lançar a primeira semente e plantá-la, mas não é o seu trabalho cultivá-la. Áries é o signo da ação, da iniciativa. Não tem paciência de esperar, precisa inovar, iniciar.

Por ser o primeiro, está acostumado a seguir sozinho, a abrir caminhos e por isso valoriza demais a independência. Esse ímpeto de sair na frente também o deixa um pouco egoísta e por isso tem dificuldade de ver o outro lado e se colocar na posição do outro. O ariano consegue o equilíbrio quando enxerga Libra, seu signo oposto e complementar.

A sua firmeza, decisão e a sua trilha no caminho da verdade fazem com que a sua personalidade seja marcante. O ariano não consegue mentir, é espontâneo demais e por isso detesta hipocrisia. Fala o que pensa e pode ser grosseiro e rude. Tem cabeça quente, é impulsivo, não pensa antes de falar, segue os seus instintos e por isso vive explodindo por aí. Depois se arrepende, porque sabe que tem o sangue quente e pede desculpas quando faz as suas besteiras.

Agressividade, assertividade, impetuosidade. O ariano faz de tudo para concretizar os seus desejos e pode usar a violência, não só através da força física, mas também com as suas palavras ríspidas.

Neste mês com forte influência marciana, entre de cabeça nos novos projetos, mas cuidado para não perder a cabeça com brigas, com raiva e agressividade. Se for difícil controlar a energia, pratique esportes, caminhe, movimente-se. Só não vale sair brigando por qualquer coisa.

A força de vontade será muito grande, pois o Sol está exaltado neste signo. O potencial de expressá-la de maneira positiva é maior ainda.

Ilustração Ekaterina Koroleva

Imagem

Sol em Peixes

O Sol ingressou em Peixes, o último signo da jornada pelo Zodíaco, que pertence ao elemento água e é regido pelo planeta Netuno. De 18/02 a 20/03 o Sol vai transitar pelo signo da espiritualidade e da compaixão e o astral irá mudar consideravelmente. Após o período de Aquário, em que pudemos encarar e ter consciência de que existem visões novas daquilo que resta por vir, agora chegou o momento de renovar a nossa fé e ter um comprometimento para dar continuidade ao nosso crescimento.

Em Peixes temos a oportunidade de caminhar para o desconhecido, mesmo que não exista prova de que o que buscamos poderia, ou poderá, vir a existir. Aqui não haverá nenhum indício concreto que prove que o que visualizamos terá forma algum dia. O desconhecido está chamando. Estaremos dispostos a obedecer ao chamado?

A fé e a confiança, que são características do planeta Júpiter e que são associadas ao signo de Sagitário, também fazem parte do mundo de Peixes, pois Júpiter é o antigo regente deste signo. Assim, a força do pensamento positivo, poderes paranormais, amor desinteressado e disposição para ajudar quando for preciso, mesmo que às vezes seja preciso fazer sacrifícios pessoais, tudo isso faz parte da experiência do décimo segundo signo. No entanto, com tais qualidades, existe também uma necessidade de desenvolver a intuição e perceber quando é tempo de parar de ajudar e permitir que os outros ajudem a si mesmos.

A energia de Peixes pode nos deixar confusos. Podemos perder a consciência das coisas e da realidade. Este é o mundo da fantasia, o  mundo paralelo. O real e o irreal. Percepção, inspiração, subjetividade.

Piscianos estão ligados com o mundo artístico, da imaginação, da religiosidade, do misticismo, da sensibilidade, da mediunidade e da intuição. O cinema, a fotografia, a pintura, a dança, a música e tudo que é ligado ao mar fazem parte do mundo de Peixes.  Não há limites para um pisciano, não há obstáculos. Quando a energia é usada de maneira positiva, é possível lutar por aquilo que deseja sem ver os obstáculos. No lado negativo, poderá abusar dos limites sendo autodestrutivo.

Refinamento, aperfeiçoamento, perfeição do espírito e evolução: este é o canal para Deus e para o infinito. O grande desafio aqui é a realização dos sonhos, o desenvolvimento da fé de acreditar em si mesmo ou buscar algo em que possa acreditar. Milagres, transcendência.

A energia criativa se expressa com sensibilidade e inspiração. Necessidade de ser reconhecido pela natureza dadivosa e compassiva. O senso de individualidade pode não ter um foco claro, devido à empatia com a vida e os problemas dos outros. Irradia um espírito curador e compassivo em relação a tudo o que sofre. A vitalidade e autoexpressão são matizadas por anseios profundos, uma vulnerabilidade esmagadora e pelo estado da vida interior.

A sensibilidade de Peixes nos ajuda a conectar com outros mundos, com o sutil, com o estado meditativo e dos sonhos. Porém, quando não há canalização positiva, quando a sensibilidade não é empregada para a arte, religião ou espiritualidade, pode existir uma fuga da realidade e uma viagem para o mundo das ilusões. A realidade pode ser distorcida e a pessoa se perde no mundo das drogas, do álcool e dos vícios.

 

Imagem

Ilustração de Mônica Brandão – Céu do Dia (http://ceudodia.weebly.com/)

Sol em Aquário

O Sol ingressou no signo de Aquário na segunda, dia 20/01  e durante este ciclo (até o dia 18/02) a energia volta-se para o bem-estar da sociedade através da inovação, da liberdade, dos conceitos teóricos e da tecnologia. O lema dos aquarianos é o mesmo da Revolução Francesa: Liberdade, Igualdade e Fraternidade. E falando em Revolução, Aquário é o signo dos revolucionários.

Mudança, progresso e futuro. A energia que conduz este signo baseia-se nestas premissas. As novas ideias, a criatividade  e o contato com o novo estão favorecidos. Este é o momento de pensar nos projetos para o futuro e principalmente pensar no bem-estar da sociedade, do coletivo, das causas sociais.

Aquário é um signo impessoal e lida com o conflito entre o grupo e a sua própria individualidade. O Sol está em exílio ou detrimento aqui, pois a característica essencial do Sol é a expressão da individualidade, da vontade, da identidade. Em Aquário essa expressão fica difícil porque não existe a expressão de uma luz individual, não há somente um brilho e sim o brilho do coletivo. Mas isso não significa que o aquariano tem dificuldade de expressar a sua vontade, a sua identidade e o seu brilho. Pelo contrário, o aquariano consegue ser único, pois possui a liberdade, a lealdade e a coragem de ser o que ele é de forma verdadeira, sem estar preso aos padrões impostos. O papel dos aquarianos é justamente esse: romper com o antigo e quebrar padrões.

Por isso, a originalidade e a excentricidade são marcas deste signo que busca a experimentação. Apesar de ser um signo fixo, busca o novo, mas insiste na sua ideia. E a expressão negativa da energia ocorre quando ele quer romper e quebrar padrões a qualquer custo e nesse momento pode ser autoritário, cruel e rebelde. Além de espírito de porco, o aquariano quando não sabe o que quer gosta de provocar, de chocar, ser do contra, ser o diferente.

Como é um signo do elemento Ar, vive no mundo das ideias, no racional e não consegue expressar as suas emoções. Como pensa no coletivo, no grupo, numa causa maior, não consegue se sensibilizar com uma questão individual. Ele enxerga o todo, os problemas da Humanidade e não uma causa individual.

Você vai encontrar muitos aquarianos em organizações não governamentais, humanitárias, movimentos sociais, manifestações, eles irão brigar pelo grupo. E também na política. Muitos políticos são aquarianos ou possuem o Sol na Casa 11 (a casa que representa Aquário no Zodíaco) ou tem o planeta Urano forte no mapa (Urano é o regente moderno deste signo).

Aproveite a energia disponível deste mês para seguir a verdade, pensar no coletivo e principalmente na sua relação de indivíduo dentro do coletivo. Busque o respeito e a liberdade para a evolução e o bem-estar da sua comunidade e de toda a sociedade.

Outro ponto fundamental da energia deste mês: valorizar a amizade. A amizade é a base fundamental  para construção de relações positivas e do convívio com outras pessoas. Portanto, busque relações saudáveis e valorize a amizade. Para os aquarianos a amizade é essencial.

Ilustração:  Ekaterina Koroleva.

Imagem

Sol em Sagitário

Sol em Sagitário

O Sol ingressou em Sagitário hoje e após um período de transformações profundas e intensas que ocorreram durante o ciclo do Sol em Escorpião, chegou o momento de dar rumo a nova vida. Todos nós seremos influenciados pela energia de fé, otimismo, esperança de um futuro melhor, prosperidade e sorte.

Sagitário é um signo do elemento Fogo, regido por Júpiter e é o nono signo do Zodíaco. Por ter Júpiter, o maior planeta e que é o mais benéfico de todos como regente, os sagitarianos costumam ser conhecidos pelos gestos grandiosos: são extravagantes, alegres, amigáveis, abertos, generosos e valorizam a honestidade. Sagitarianos animam e divertem qualquer festa.

Como é simbolizado pelo centauro (metade homem e metade cavalo), os sagitarianos dão seus coices de vez em quando. Claro que se tiverem irritados e às vezes tem gestos pouco gentis por conta do lado “horse”. O sagitariano costuma ser tão honesto e sincero que às vezes fala demais e sem querer dá uma patada no outro e quando tenta consertar, não dá certo, pois a emenda sempre sai pior do que o soneto.

A energia de Sagitário é voltada para os ideais e aspirações. Estimula a fé e a confiança em algo maior. Valoriza a liberdade física e mental sem fronteiras e está em eterna busca pelo conhecimento. Descobre novos horizontes, novos rumos, novos mundos. Por isso a casa 9, que é regida por este signo, representa o estrangeiro, viagens longas, ensino superior, filosofia, religião, fé, espiritualidade (de acordo com a Astrologia Tradicional), crescimento, expansão e aventuras.

Vamos aproveitar este ciclo e permitir que o arqueiro lance a sua flecha em busca de conhecimento e novos horizontes. E acerte o alvo também! Porém, se não acertar, não tem problema. O otimismo de Sagitário nos faz ir e voltar a todo instante. Sem peso e sem cobranças.

Signo do Mês: Escorpião

Signo do Mês: Escorpião

E com a lunação de Escorpião que aconteceu ontem, podemos afirmar que estamos oficialmente no mês de Escorpião.
Escorpião é o oitavo signo do Zodíaco, pertence ao elemento Água e tem como regente Plutão e co-regente o planeta Marte (antigo regente). Este será o mês da intensidade. Escorpião é um signo fixo e essa qualidade simboliza o meio da estação da Primavera aqui no Hemisfério Sul. Libra representa o início da Primavera e Sagitário a transição para o Verão. Em Escorpião temos o auge da estação das flores.
Assim como os demais signos fixos (Touro, Leão e Aquário), os escorpianos são conhecidos por ter uma personalidade forte e marcante.
Podemos dizer que Escorpião é um dos signos mais temidos do Zodíaco, o senso comum não está tão errado em temê-lo já que a representação do signo é o próprio animal invertebrado que pertence à ordem Scorpiones, da classe dos aracnídeos. Um animal que quando sente-se ameaçado, usa o seu ferrão para picar a vítima e introduzir o seu veneno.
Assim também pode acontecer com os nativos deste signo. Por pertencer ao elemento Água, são bastante sensíveis, apesar de não demonstrarem facilmente essa sensibilidade. Os escorpianos tem necessidade de ter o controle de tudo e de todos. E esse controle também significa o controle das suas próprias emoções. O escorpiano não demonstra o seu sentimento para qualquer um pois sabe que isso significa demonstrar a sua vulnerabilidade e como conhece o ponto fraco de todos, sabe que uma forma de manter o controle de uma situação é justamente pegando no ponto fraco daquele que deseja dominar.
Apesar de no seu íntimo ter consciência de sua vulnerabilidade, o escorpiano jamais demonstra a sua fraqueza porque sabe que precisa manter-se forte para enfrentar os desafios que a vida apresenta e desafios o escorpiano conhece bem.
O oitavo signo do Zodíaco representa a morte, a transformação, as crises e o sexo. Todos os assuntos considerados tabus pela sociedade e por isso que apesar da fragilidade que esses assuntos representam, o escorpiano precisa manter-se forte para lidar com todas as questões essenciais para o ciclo da vida.
Só um escorpiano sabe o que é nascer e renascer todos os dias, afinal, todos os dias o nosso ego morre um pouco, assim como os nossos desejos e renasce no dia seguinte, mas não do mesmo jeito que era no dia anterior e sim renovado e com uma outra força.
Durante este mês seremos testados, chegaremos até o âmago para ter certeza de nossas escolhas. Tudo que cerca o mundo dos escorpianos é sério, Escorpião não é o signo da brincadeira. É o signo da profundidade e da intensidade e por isso é determinado, persistente, vai a fundo em tudo o que faz. Tudo o que for iniciado neste mês tem mais chance de durar, principalmente por causa da influência de Saturno, o planeta da realização e da concretização que está transitando por este signo.
Quando o Sol juntar-se a Saturno nesta semana, no dia 06/11, teremos a oportunidade de ver que os nossos esforços serão reconhecidos, mas também teremos uma dura lição se não estivermos aplicados nos ensinamentos de Saturno.
Porém, o principal desafio para os escorpianos e para todos nós que seremos influenciados pela energia deste mês, é o de livrar-se da ilusão do controle. O controle é apenas uma ilusão mesmo. Quando o Escorpião consegue evoluir e ultrapassar os instintos que ele conhece tão bem: paixão, ciúme, inveja e vingança, ele pratica o desapego e dessa forma renasce das cinzas, como a Fênix.
Já que estamos no mês do signo da morte e do controle, vamos matar e controlar aquilo que podemos: o nosso ego e todos os sentimentos mesquinhos.