Céu da Semana: de 08 a 14 de julho de 2018

A semana começa ainda com a influência do triângulo de água, que está sendo ativado desde o final de junho e que aflorou a intuição, a sensibilidade, a fé, a esperança e tem promovido muitas curas.  A partir de segunda, com o ingresso de Vênus em Virgem, outro triângulo será formado, agora nos signos de Terra que envolve Vênus, Urano e Saturno e que vai permitir manifestar, trazer para a realidade novas atitudes. Vênus vai transitar por Virgem até o dia 06 de agosto e apesar de ser um posicionamento desconfortável para a expressão do afeto, a vida prática e o trabalho estarão favorecidos. Momento positivo para organizar a vida, a rotina, fazer uma limpeza e purificar hábitos negativos. Na terça Júpiter retoma o movimento direto e após quatro meses de avaliações das oportunidades que tivemos desde o ingresso de Júpiter em Escorpião, em outubro do ano passado, e que pode ter gerado estagnação e dificuldades que atrapalharam o nosso crescimento, a partir de agora será possível ter algum avanço. Principalmente nas finanças e na abertura de consciência para atrair abundância e prosperidade. Mercúrio em tensão com Júpiter pede ajustes na comunicação e o Sol também vai formar um aspecto tenso com Plutão que traz à tona a necessidade de eliminar antigos padrões e transformá-los. É preciso morrer para renascer. O aspecto é bem difícil porque nos faz ter contato com padrões inconscientes. O contato entre o Sol e Plutão acontece na quinta, no mesmo dia da Lua Nova de Câncer e do Eclipse solar parcial neste signo. Esta é uma lunação muito importante porque marca o início da série de eclipses que vai acontecer no eixo Câncer-Capricórnio em 2019. Toda Lua Nova traz uma forte energia de recomeço, mas essa força é potencializada quando ocorre um eclipse. O que for iniciado agora poderá ter resultados mais concretos e desdobramentos em janeiro do ano que vem.

Domingo: A Lua faz aspectos difíceis com Marte, Mercúrio e Júpiter que podem deixar a comunicação tensa e a manhã um pouco preguiçosa e com exageros emocionais. A tarde deve ser mais positiva com o Sol ativando o triângulo de água , em aspecto positivo com Netuno, que estimula a intuição, a sensibilidade e nos deixa mais compreensivos e conectados ao invisível. A Lua faz aspectos positivos com Netuno e com o Sol que estimulam a criatividade e favorecem as atividades artísticas. A Lua em harmonia com Plutão à noite renova as energias e promove regeneração emocional.

Segunda: Mercúrio em aspecto difícil com Júpiter pode nos fazer prometer coisas que não podemos cumprir. Ideias grandiosas e a arrogância podem prejudicar a comunicação. Será preciso ficar atento à indiscrição. Falar demais pode prejudicar alguns planos. A Lua em tensão com Vênus também pode gerar alguns problemas domésticos e na relação com as mulheres. A Lua vai ficar fora de curso por cerca de 1 hora durante a tarde até ingressar em Gêmeos, às 13h59 no Brasil e às 17h59 em Portugal. O astral vai ficar mais movimentado e comunicativo. À noite Vênus ingressa em Virgem e o amor vai perder um pouco do brilho do ciclo anterior em Leão. O afeto deverá ser demonstrado de forma simples e prática. O servir, o cuidado, o sentido do trabalho, o esforço e a dedicação serão mais valorizados durante este trânsito que vai ocorrer até o início de agosto.

Terça: A Lua em harmonia com Marte deixa o dia bastante ativo. Muita energia e disposição. Júpiter volta ao seu movimento direto e a confiança genuína de que dias melhores virão vai ser retomada. Novas oportunidades de crescimento após 4 meses de retrogradação, mas como Júpiter está em Escorpião é preciso abrir mão, ir à fundo e se lançar ao desconhecido para que possamos crescer. A Lua em harmonia com Mercúrio durante a tarde estimula os contatos e a comunicação. No final da tarde no Brasil e durante à noite em Portugal a Lua forma um aspecto difícil com Netuno que pode trazer nebulosidade e confusão emocional. Como a Lua vai ficar fora de curso o melhor a fazer é descansar.

Quarta: A Lua fica fora de curso até ingressar em Câncer às 15h no Brasil e às 19h em Portugal. Podem ocorrer mudanças de planos e alguns contratempos. A Lua forma aspectos positivos com Vênus e Urano que trazem leveza e novidades à noite, mas será importante manter os pés no chão. A Lua também faz um aspecto difícil com Saturno que pede adequação e ajustes das inovações para a realidade. Se os ajustes não forem feitos podemos nos sentir desanimados e frustrados. Esse aspecto também pode trazer peso emocional.

Quinta: Vênus em aspecto positivo com Urano aciona o triângulo de Terra. É preciso usar a criatividade no amor e buscar o diferente na rotina para enxergarmos o lado brihante da vida. A espontaneidade traz novas oportunidades para as finanças e para o trabalho. O Sol em tensão com Plutão pode gerar crises porque é preciso fazer cortes, eliminar o que não serve, deixar morrer para renascer e avançar para uma nova fase. A Lua em harmonia com Júpiter e Netuno traz conforto emocional, estimula a fé e a confiança para nos lançarmos ao novo. A Lua em tensão com Plutão pode tocar em algumas feridas, mas temos que nos manter fortes. Às 23h49 no Brasil e na madrugada de sexta em Portugal a Lua entra na fase Nova e dá início a Lunação de Câncer. O eclipse solar parcial também acontece neste horário e abre as portas para as mudanças. O potencial energético dessa lunação ganha ainda mais força com o eclipse. Para quem conhece o mapa natal, a casa que contém o grau 20 de Câncer será a área da vida que passará por mudanças significativas nos próximos meses.

Sexta: A Lua fica fora de curso até ingressar em Leão às 14h32 no Brasil e 18h32 em Portugal. O astral vai ficar mais alegre, nos sentiremos animados e com bastante vitalidade. Porém, à noite será preciso ficar atento aos imprevistos. A Lua em tensão com Urano pode trazer um pouco de instabilidade, irritação e explosões emocionais.

Sábado: No início da manhã a Lua em aspecto tenso com Marte pode provocar turbulências e muita impaciência, mas será possível encontrar estabilidade com o aspecto positivo de Vênus com Saturno, que também está no grande triângulo de Terra. As relações afetivas ganham mais segurança, durabilidade; os projetos financeiros e profissionais mais estabilidade, ordem e equilíbrio. A Lua em tensão com Júpiter durante a tarde pode provocar exageros emocionais e imprudência. À noite a Lua em conjunção com Mercúrio favorece a comunicação, os estudos, a resolução de assuntos domésticos e emocionais.

suehalstenberg_1950_6791671

Marte em Câncer

Desde o dia 24 de junho Marte está transitando por Câncer e segue neste signo até o dia 08 de agosto. Marte ingressou no signo da proteção alguns dias depois do Sol e no início de julho foi a vez de Mercúrio ingressar no quarto signo.

A atmosfera emotiva, familiar e protetora está influenciando bastante a nossa maneira de agir e expressar o nosso pensamento e toda a comunicação, por conta da concentração de planetas no signo da nutrição e da segurança emocional.

A presença de Marte aqui pede uma ação mais delicada e sensível, o que não é fácil para o Deus guerreiro que desconhece a sensibilidade e a ação emocional. Por isso, é um grande desafio afirmar-se de maneira indireta. Para agir aqui, Marte precisa levar em consideração os sentimentos, estar ligado às raízes. A iniciativa e força de vontade podem ser dificultadas pela autoproteção cautelosa, mas é capaz de agir destemidamente em apoio às pessoas que ama.

Para atingir os desejos é preciso seguir a intuição. A energia sexual é estimulada pelos sentimentos e pela sensação de estar sendo cuidado e protegido.

Durante o trânsito de Marte em Câncer seremos desafiados a transformar e administrar as nossas emoções. Marte em contato com Plutão e Urano pode trazer à tona algumas crises. Entre os dias 11 e 19 de julho a oposição de Marte com Plutão pode nos deixar mais determinados e assertivos para promover as transformações necessárias. Mas também pode haver muita agressividade e algumas perdas. Neste mesmo período, Mercúrio em conjunção com Marte e em quadratura com Urano e oposição a Plutão reforça a necessidade de mudança e nos desafia ser menos impacientes. Estaremos mais decisivos, mas podemos ficar mais agressivos e imprudentes.

Nos últimos dias de julho, de 20 a 29, Marte em quadratura com Urano pode nos deixar mais agressivos e impacientes. Podemos estar sujeitos à rompimentos nos relacionamentos, separações, acidentes no âmbito doméstico e na vida familiar. O grande desafio será controlar a energia emocional. Ter cuidado com as palavras, usar a empatia, não invadir o território do outro será essencial para manter a harmonia. Os conflitos são necessários e importantes para a dinâmica dos relacionamentos, mas o desafio é harmonizar os conflitos e entrar em um acordo.

Todas as tensões provocadas por Marte, Urano e Plutão são reflexos de mudanças interiores que todos nós estamos passando. Para que a evolução aconteça, é preciso cuidar do nosso interior. A mudança precisa acontecer no âmbito individual. O externo só muda quando mudamos interiormente. Quais os velhos padrões que precisamos nos libertar?  E o que precisamos resgatar de bom do nosso passado e da nossa essência para seguir no caminho para a evolução? Marte em Câncer vai agir nesses pontos. Administrar as emoções será essencial, principalmente neste mês de julho. Seremos desafiados a sair da nossa zona de conforto. Para crescer é preciso deixar para trás o que não nos deixa avançar.

No início de agosto, Marte em trígono com  Saturno em Escorpião vai nos deixar mais focados nas nossas metas. Nos sentiremos mais confortáveis com as mudanças e transformações.

Marte em Cancer

Vênus em Câncer

E hoje inspirada pelo dia das mães, resolvi escrever sobre a Vênus mais maternal de todas, a Vênus em Câncer. Vênus que ingressou neste signo na quinta, dia 07/05, vai deixar o amor mais romântico e sensível até o dia 05 de junho. Este é o momento do aconchego. Após o trânsito por Gêmeos, que foi um período de leveza, conquistas e paqueras, as relações ganham mais intimidade.

Os relacionamentos que foram iniciados no período anterior, enquanto Vênus passeava livre, leve e solta por Gêmeos, poderão ganhar um ar de mais intimidade e segurança. De um modo geral, durante este trânsito os relacionamentos ficam mais sensíveis e essa sensibilidade significa que os sentimentos poderão ser  facilmente magoados, mesmo que muitas vezes não sejam demonstrados. Pode haver um pouco de instabilidade no humor, por conta da Lua que é regente de Câncer. Serão dias de valorização da família, do lar, da pátria, das raízes. As pessoas podem ficar mais caseiras e buscar o divertimento em casa. É um período bom para cuidar da casa e se dedicar à família.

Podemos nos voltar ao passado e sentir saudade muitas, já que Câncer é ligado ao passado e a memória, mas também será um momento de relembrar os bons momentos dos relacionamentos, atuais ou antigos.

O feminino estará bastante forte, já que seremos influenciado pela energia das duas figuras femininas do zodíaco: Lua, regente de Câncer e Vênus. O instinto maternal estará mais forte, a feminilidade e os sentimentos serão manifestados de forma maternal e mais carinhosa. Nos relacionamentos também estaremos mais propensos a cuidar e alimentar o outro.

Nos primeiros dias deste trânsito, até o dia 18/05, a sensibilidade estará ainda maior por conta do trígono de Vênus com Netuno. Esse instinto maternal poderá nos aproximar ainda mais da família e nos deixar mais empáticos e generosos com todos à nossa volta. Nos sensibilizaremos com causas sociais e a sensibilidade artística estará em evidência. Mais gentileza e demonstrações de afeto.

Porém, a partir do dia 19/05, essa delicadeza poderá ser substituída por emoções mais intensas e imprevisíveis. Vênus fará oposição a Plutão na noite do dia 21/05 e nos mostrará a necessidade de ajustar e eliminar alguns padrões de relacionamentos que não funcionam mais. No dia 25/05 será a vez de Vênus fazer quadratura com Urano, que reforça a importância da mudança e a inovação na nossa maneira de amar. Essas mudanças podem se manifestar na forma de rompimentos, perdas e términos de relacionamento, mas essas finalizações podem dar espaço para novas relações ou mesmo finalizar e renovar a dinâmica de um relacionamento existente. Plutão e Urano nos mostram que as mudanças precisam acontecer, independente da nossa vontade e para que o processo seja menos traumático, é fundamental conscientizar-se que a mudança sempre acontece para a nossa evolução.

Venus_Cancer

Vênus em Câncer

Vênus está quase se despedindo de Câncer. Ingressou no quarto signo do zodíaco no dia 18 de julho e segue no compasso do doce e sensível caranguejo até o dia 12 de agosto. Nos últimos 20 dias ficamos muito necessitados de carinho, diferente do ciclo anterior, quando Vênus estava fazendo o seu passeio por Gêmeos e queria mais era paquerar, conversar, fazer contatos, conquistar. Quem iniciou um romance com Vênus em Gêmeos e conseguiu mantê-lo até agora, teve a oportunidade de receber muito afeto, proteção e cuidado.

Vênus em Câncer tem sentimentos românticos, precisa cuidar e ser cuidado, sentir-se parte de uma família, para ficar à vontade. Porém, o prazer e a intimidade podem ser prejudicados pela instabilidade de humor, pela timidez, pela avareza e por sentimentos excessivamente autoprotetores.

A sensibilidade de Câncer consegue perceber e refletir os prazeres e estados de espírito dos outros. A receptividade e a dependência sempre fazem parte da sensação de intimidade. Essa Vênus pode ser muito carente e nos últimos dias podemos ter confundido amor com a necessidade de estar com o outro por pura carência. Esse amor de Câncer tem muito a ver com necessidades emocionais que dificilmente são supridas nos relacionamentos afetivos e sexuais, ou seja, nos romances. Por isso que muitas vezes mesmo estando em um relacionamento afetivo, quem tem Vênus nesse signo pode sentir-se carente e pode ter uma tendência ao sentimentalismo piegas, a reações emocionais instáveis e ao mau humor.

Essa Vênus é caseira, gosta de alimentar o outro, proteger. Valoriza a vida doméstica, a família e a segurança financeira. Gosta muito da sua casa e deseja demonstração de afeto, porque isso a faz se sentir segura e amada. O lar acaba sendo um centro de atividades sociais, gosta de receber as pessoas, mas só aquelas com quem realmente tem intimidade. Gosta de cozinhar e cuidar da casa para as pessoas que ama. A feminilidade dessa Vênus é muito delicada e se manifesta de forma maternal. Mesmo não tendo filhos, Vênus em Câncer vai ser mãezona de todo mundo.

A sua extrema sensibilidade significa que seus sentimentos podem ser facilmente magoados, porém essa Vênus pode ocultar a vulnerabilidade com uma aparência exterior muito séria.

Vênus Cancer

 

Sol em Câncer

Desde o dia 21 de junho o Sol está transitando por Câncer e com a lunação neste signo que ocorreu no dia 27, podemos sentir de maneira mais intensa a atmosfera emocional do quarto signo do zodíaco e que tem analogia com a quarta casa astrológica.

Câncer é o signo que representa a família, o passado, a memória, as nossas raízes, a pátria, a nossa base e alicerce. Representa também o feminino: a mãe e a mulher. É orientado pelo sentimento, pela sensibilidade e pela inteligência emocional. Quem tem a Lua em Câncer, na primeira casa, ascendente em Câncer ou Sol na casa quatro também tem uma forte afinidade com energia deste signo.

Romântico, sensível, frágil e sentimental: a família está acima de tudo para os cancerianos. Assim como o caranguejo, às vezes eles usam a “casca dura” para se proteger, mas eles tem coração mole e derretem-se facilmente. Como é regido pela Lua, as suas emoções podem mudar como as fases da Lua, por isso são aquelas “pessoas de fases”. A intuição é muito forte e sentem tudo que está acontecendo no ambiente.

No amor buscam proteção. Precisam se sentir amparados pelo parceiro que precisa ser alguém forte. Mas eles também são como uma fortaleza e fazem de tudo para proteger aqueles que amam: os pais, filhos, amigos e o companheiro. A família está em primeiro lugar e precisam de um companheiro que compreenda o fluxo de emoções deles e assim se entregarão de corpo e alma na relação.

O ar maternal faz com que o canceriano se comporte como uma “mãezona”. Ele vai querer alimentar e proteger todos: amigos, familiares, filhos, companheiro ou companheira. Ninguém escapa da proteção do canceriano que reage com sensibilidade, às vezes exagerada e protecionismo em relação a si mesmo e aos outros. Sente-se seguro quando recebe e dispensa cuidados.

A segurança emocional é fundamental para os cancerianos que precisam se sentir à vontade e protegidos o tempo todo. Essa segurança também acontece no campo material e na relação que eles tem com o dinheiro. O dinheiro é importante para proporcionar segurança e por isso eles vão poupar para garantir uma reserva. Levam o trabalho a sério e precisam de afeto, mesmo nas relações profissionais. Assim como uma criança, precisam se sentir aceitos no ambiente de trabalho. Convide-os para um almoço se quiser trocar ideias com eles.

O canceriano também pode ser muito carente. A busca por proteção pode fazer com que ele dependa emocionalmente dos outros ou se prenda a hábitos. Pode ter uma inconstância emocional e ir da euforia à tristeza. Pode ficar mal-humorado, irritado e até deprimido. Pode ser resmungão e ter muitos medos, bloqueios e inseguranças. O medo de ficar sem dinheiro pode fazer do canceriano um poupador compulsivo. E pode ficar muito preso ao passado. O excesso de nostalgia pode fazer com que ele valorize mais o passado e não consiga enxergar novas possibilidades no presente.

Câncer na via positiva: instinto maternal, sensibilidade, intuição, acolhimento, emoção, hereditariedade e proteção.

Na via negativa: chantagens, medos, lamúrias, inconstância, superproteção, dependência afetiva, desequilíbrio emocional e cobranças afetivas.

O canceriano detesta ficar muito tempo fora de casa, horários rígidos, pessoas nervosas e agitadas, rejeição de familiares e abandono dos filhos, partidas e despedidas, lugares desconhecidos, pessoas agressivas e mandonas, desfazer-se de lembranças do passado, frieza e rigidez, desentendimentos na família, ingratidão e fazer refeições sozinho.

Dessa forma, todos nós seremos envolvidos por essa atmosfera de sensibilidade durante o trânsito do Sol pelo signo de Câncer, que será até o dia 22 de julho.

Ilustração Ekaterina Koroleva

cancer

 

Carrossel de Emoções

Carrossel de Emoções

Agora no início do mês de junho começamos a perceber uma forte energia do elemento água e do signo de Câncer, que será enfatizada após a entrada do Sol em Câncer no dia 21.

Mercúrio e Vênus já ingressaram em Câncer e Júpiter irá iniciar um novo ciclo em Câncer, seu signo de exaltação, no dia 26. Abriremos e expandiremos o nosso canal de sensibilidade.

A água é essencial para a nossa sobrevivência. Ela cobre 71% da superfície do nosso planeta e essa também é a quantidade equivalente de água existente em nosso corpo.

Na Astrologia, o elemento água corresponde às nossas emoções.
Além da forte energia de Câncer, outros planetas estão transitando em signos do elemento água. Saturno está em Escorpião e Netuno em Peixes.

Vamos aproveitar o mês de junho e a energia de Câncer para nos interiorizarmos mais e liberarmos as nossas emoções de forma positiva como oferecer o nosso ombro a um amigo, espalhar a doçura, usar a empatia e a inteligência emocional.

Só temos que ter cuidado para não usarmos as energias negativas do elemento água como a depressão, o isolamento, a mágoa e o ressentimento.