Céu de Junho

Chegamos na metade do ano e o mês de junho começa com energias mais brandas que nos levam a ter flexibilidade e a seguir novos caminhos através do contato com as nossas emoções. Na segunda, dia 03, a Lua entrou na fase Nova que marca o início da Lunação de Gêmeos e a intensificação da energia deste signo. A lunação tem duração de 28 dias e até o dia 01 de julho receberemos a influência de Gêmeos no que toca as nossas emoções e as reações instintivas.

A primeira semana do mês será favorável para iniciar novos projetos e estudos que envolvam a comunicação, mídias sociais, troca de informações e busca pelo conhecimento. Período positivo para fazer boas negociações, iniciar estudos, cursos rápidos e principalmente trocar ideias e se movimentar. Quem tem o Sol, a Lua e o Ascendente em Gêmeos pode aproveitar essa lunação de forma mais consciente, assim como quem possui planetas pessoais neste signo (Mercúrio, Vênus e Marte).

Na terça, dia 04, Mercúrio que é o planeta regente de Gêmeos e desta lunação, ingressou em Câncer e a comunicação ganha um ar mais emocional e nostálgico. Pode ocorrer saudosismo e o contato com pessoas ou situações do passado. Estaremos conectados com as nossas emoções neste período e teremos necessidade de falar sobre os nossos sentimentos, como nos sentimos.  Até o dia 25 de junho a comunicação deve ser mais emocional, instintiva e sensível. Tendência à introspeção e a expor menos os pensamentos para protegê-los,exceto quando nos sentimos acolhidos. Vale lembrar que Mercúrio vai ficar retrógrado em Leão a partir do dia 07 de julho e retornará para Câncer novamente no mês que vem.

No dia 08 Vênus ingressa em Gêmeos e os relacionamentos devem ganhar mais leveza, alegria, flexibilidade. Esse posicionamento também pode trazer mais dinamismo para as finanças e negociações. As redes sociais que estão bastante em evidência no momento ganham ainda mais destaque. Podemos ter mais prazer na escrita, na leitura, na expressão da criatividade através da fala, da troca de ideias e da busca pelo conhecimento. As pequenas viagens e os deslocamentos também serão realizados com mais entusiasmo. Assim como o flerte, a paquera. Vênus vai transitar por Gêmeos até o dia 03 de julho.

A Lua vai entrar na fase Crescente no signo de Virgem no dia 10 e vai movimentar os projetos iniciados na semana da Lua Nova. Durante esta fase teremos a oportunidade de aperfeiçoar nossas ideias e projetos. No mesmo dia o Sol vai fazer aspectos tensos com Netuno e Júpiter que podem trazer confusão, insegurança e falsas promessas. Precisamos ter clareza dos nossos objetivos para não nos desviarmos.

Na semana da Lua Crescente, entre os dias 10 e 16, Marte vai fazer um aspecto positivo com Netuno que permite direcionar os nossos sonhos e agir para concretizá-los. O contato com a espiritualidade e a dimensão abstrata estará bastante favorecido. Momento de mergulhar no mundo interior. Teremos a oportunidade de manifestar os nossos sonhos na realidade física, mas com muito foco, trabalho e disciplina. Marte em aspecto difícil com Saturno pede estruturação e paciência para atingir as metas. Mercúrio também faz um aspecto desafiador com Saturno e a comunicação vai precisar de uma abordagem mais objetiva pois certamente seremos chamados à responsabilidade.

No dia 17 a Lua entra na fase Cheia no signo de Sagitário. A Lua Cheia de Gêmeos (Sol em Gêmeos e Lua em Sagitário) também é uma Lua Cheia muito importante.Em todas as Luas Cheias recebemos uma grande dispersão de Luz e Bênçãos. Mas existem três Luas que são as mais importantes, pois as energias da espiritualidade, da transmutação e da iluminação são derramadas com maior força. Durante as Luas Cheias acontecem os Festivais de Luz e os principais são: Festival da Páscoa (Lua Cheia de Áries)Festival de Wesak (Lua Cheia de Touro) e Festival da Humanidade ou do Cristo (Lua Cheia de Gêmeos). Nesta Lua Cheia temos a oportunidade de expandir a consciência. A natureza espiritual e divina da humanidade é reconhecida. Saturno em harmonia com Netuno permite vivenciar as práticas espirituais, o que facilita a conexão.

Mercúrio em conjunção com Marte no dia 19, pede atenção na comunicação, pois podemos ficar irritados facilmente, mais agressivos e impacientes. As discussões com pessoas íntimas e os conflitos familiares podem se intensificar. Marte em tensão com Plutão pode causar batalhas e atos violentos, principalmente por conta de emoções reprimidas e conflitos internos. O desafio será controlar as ações desordenadas e as explosões emocionais.

Temos que ficar atentos à comunicação até o dia 25, pois neste período Mercúrio estará transitando entre os graus 23 e 29 de Câncer. Nestes dias poderão acontecer eventos signficativos que provavelmente precisarão de revisão a partir de 20 de julho, quando Mercúrio estiver transitando em movimento retrógrado no signo de Câncer. Isso quer dizer que questões apresentadas neste mês terão desdobramento em julho e provável resolução até 11 de agosto quando Mercúrio transitar novamente por Câncer em movimento direto.

No dia 21 acontece o Solstício de Inverno hemisfério sul e de Verão no hemisfério norte que marca o ingresso do Sol no signo de Câncer. No Solstício ocorre um alinhamento da Terra e a abertura de um portal vibracional, que impulsiona as mudanças que serão sentidas por todos, mas principalmente para aqueles que possuem planetas pessoais no eixo Câncer-Capricórnio. Câncer traz à tona a necessidade de cuidado, acolhimento e expressão do feminino. Este é um signo regido pela Lua que simboliza as emoções e o lado maternal.

Netuno inicia o movimento retrógrado no dia 21 e até o final de novembro faremos uma avaliação dos nossos sonhos, processos espirituais e do contato com a dimensão abstrata. Durante esse período poderá haver tendência ao escapismo e à ilusão. Também pode haver uma distorção da realidade.

No dia 23 Vênus faz aspectos desafiadores com Júpiter e Netuno que podem gerar quebra de expectativas nos relacionamentos, frustrações e desilusões. Será importante conversar, comunicar o que desejamos nos relacionamentos de forma clara e objetiva para que não ocorram enganos. Essa insegurança pode afetar afetar as finanças, com muitas especulações e incertezas.

No dia 25 a Lua entra na fase Minguante no signo de Áries que fecha a Lunação de Gêmeos e nos prepara para a Lunação de Câncer que vai ocorrer no dia 02 de julho junto com um Eclipse Solar Total que vai trazer ainda mais mudanças e desdobramentos de processos iniciados no início do ano.

No dia 26 Mercúrio ingressa em Leão e os nossos pensamentos vão ganhar mais vigor e paixão. Defenderemos as nossas ideias de acordo com aquilo que acreditamos, mas também teremos uma atitude mais positiva para enfrentar e solucionar os problemas.

 

june

Cursos de Astrologia em 2015

No primeiro semestre de 2015 irei oferecer dois cursos de Astrologia: um básico com duração de seis meses e outro com duração de dois meses com foco no mapa natal.

Curso Básico de Astrologia
Primeiro Módulo – Princípios Fundamentais
Introdução à Astrologia
Elementos
Signos
Planetas
Ascendente
Casas
Aspectos
Segundo Módulo – Técnicas de Interpretação
Planetas sem aspectos
Configurações
Marca final
Planetas retrógrados
Casas e signos interceptados
A visão geral do mapa
Os nodos lunares
Delineamento das cúspides das Casas

Início: segunda semana de janeiro
Turmas com até 9 alunos e mínimo de 5 alunos
Horário: tarde ou noite – uma aula por semana com duração de 1h20
Local: Catete ou Copacabana
Duração: 6 meses
Investimento: R$180,00 por mês

Curso Como entender o seu mapa natal
O objetivo do curso é entender o básico da linguagem astrológica (elementos, signos, planetas, ascendente, casas e aspectos) para pensar astrologicamente e conhecer as regras de interpretação para interpretar o próprio mapa.
Serão oito aulas presenciais (2 meses) com duração de 2 horas, uma vez por semana. Toda aula haverá um “dever de casa”.

Início: segunda semana de janeiro
Turmas com até 9 alunos e mínimo de 5 alunos
Horário: tarde ou noite
Local: Catete ou Copacabana
Investimento total: R$300,00, sendo R$100,00* no ato da inscrição e duas mensalidades de R$100,00
*Em caso de desistência, o reembolso do depósito da inscrição só será feito até 3 dias antes do início do curso, não será feito o reembolso após este período

Mais informações: 98803- 0541 – Cintia Prado
Para confirmar a participação e fazer a inscrição é só enviar um e-mail para mapaeastral1@gmail.com.

mandala

Céu de Julho

Podemos dizer que o ano começa de verdade agora nesta segunda quinzena de julho, isso porque teremos  a oportunidade de ver manifestações de mudanças em nossas vidas. Esse ano começou bem difícil, pois os planetas pessoais Mercúrio, Vênus e Marte, ficaram retrógrados até pouco tempo e  como estes planetas interferem diretamente nas nossas ações do dia a dia, o movimento retrógrado trouxe vários empecilhos e diminuiu a nossa energia e nosso empenho para lidar com as questões pessoais. Começamos o ano com Vênus retrógrado em Capricórnio, trazendo dificuldades nos relacionamentos e nas finanças; em seguida foi a vez de Mercúrio ficar retrógrado, atrapalhando a comunicação, depois foi Marte que ficou retrógrado, interferindo nas nossas ações. Tudo bem que Mercúrio fica retrógrado todo ano e em outubro ficará retrógrado novamente, mas com Vênus e Marte alternando na retrogradação, o movimento de andar pra trás de Mercúrio foi muito mais frustrante.

A retrogradação dos planetas pessoais nos desestabilizou e tornou mais difícil enfrentar os desafios para a concretização dos nossos projetos e para o nosso crescimento, isso porque também houve uma alternância nos movimentos dos planetas sociais : Júpiter e Saturno. Júpiter iniciou o ano retrógrado e ficou direto em março, um pouco antes do ano novo astrológico, o que nos deu um alívio após a dureza de Vênus retrógrada em Capricórnio, porém, no mesmo período Saturno ficou retrógrado e limitou a concretização dos nossos projetos, nos obrigou a amadurecer e a apurar o nosso aprendizado antes de colocar nossos objetivos em prática, além de nos apresentar duras lições.

Agora em Julho a tendência é que estas mudanças efetivamente aconteçam, pois no dia 16 Júpiter ingressa em Leão que traz mais vitalidade e autoconfiança e no dia 20 Saturno volta ao movimento direto, desbloqueando um pouco o que estava travado.

Com o ingresso do Sol em Leão no dia 22, o clima será de mais alegria e vivacidade. No dia 24 será um dia de sorte, já que o Sol fará conjunção com Júpiter. A última vez que isso aconteceu, foi há onze anos. A conjunção Sol-Júpiter ocorre a cada onze, doze anos, já que Júpiter demora mais ou menos doze anos para retornar a um signo, ou melhor, para dar uma volta completa no zodíaco, pois ele transita por cerca de um ano em cada signo. Este aspecto beneficiará a todos de um modo geral, mas principalmente os signos do elemento Fogo: Áries, Leão e Sagitário.

Outra importante mudança é o ingresso de Marte em Escorpião no dia 26. Marte, finalmente sai do posicionamento desconfortável em Libra. Após sete meses segurando a onda e sobrevivendo às muitas tensões, teremos mais força e impulso para agir, pois Escorpião também é o domícilio de Marte. Portanto, Marte nos fará agir e tomar iniciativas de forma mais espontânea e enérgica.

Então : Feliz Semestre Novo!

linguagem

Astrologia no Parque – Primeiro Encontro

Hoje aconteceu o primeiro encontro do “Astrologia no Parque”. Conversamos sobre Vênus, planeta que representa o que valorizamos e como nos relacionamos de acordo com a sua posição em cada signo.

Obrigada pela oportunidade de compartilhar a Astrologia com vocês!
 
Teremos outros encontros em 2014!
 
ImageImageImageImageImageImage

Astrologia e Gestão de Pessoas

A Astrologia pode estar muito mais presente na nossa vida do que imaginamos. Esse conhecimento milenar vai além das populares previsões do horóscopo de jornal e pode ser utilizado como uma ferramenta auxiliar na tomada de decisões. E não apenas nas decisões e questões de âmbito pessoal, tais como: “Vou conseguir me mudar esse ano?”, “Devo ingressar no mestrado e seguir a carreira acadêmica?”, “Por que não consigo aceitar a morte do meu pai?” ou “Meu casamento está em crise. Vou conseguir suportar?”

A Astrologia também pode auxiliar nas decisões corporativas, principalmente no que se refere à gestão de pessoas, planejamento de projetos, campanhas de marketing e até mesmo investimentos financeiros e perspectivas de novos negócios.

Sim! Isso mesmo! Assim como os dados contábeis e as metodologias BSC (Balanced Scorecard), Seis Sigma e PDCA funcionam como ferramentas de suporte para tomada de decisão, a Astrologia também pode ser usada como ferramenta auxiliar na gestão de negócios e principalmente no desenvolvimento de pessoas e equipes.

A análise do mapa astral da empresa e dos mapas das pessoas envolvidas pode influenciar numa decisão importante de negócios – sobretudo se envolver dinheiro ou, principalmente, a vida das pessoas. Ou seja, a proposta é avaliar mais do que um signo, simplesmente. A análise e as técnicas astrológicas são aplicadas em conjunto com os conhecimentos de administração, de acordo com a realidade da empresa e nunca de uma forma isolada e especulativa.

Na área de Recursos Humanos, na Gestão de Pessoas, ela pode ser aplicada em todos os subsistemas de RH. Vamos usar como exemplo o Recrutamento e Seleção. Suponhamos que uma empresa da área de TI esteja contratando um Gerente de Projetos. O recrutador irá analisar os currículos, avaliar a experiência dos candidatos, vai fazer as entrevistas, aplicar os testes comportamentais que achar necessário e após passar por todas as etapas e finalizar o processo seletivo, ele pode utilizar a análise do mapa astral como um complemento para conhecer um pouco mais o futuro funcionário.

Através do mapa, será possível avaliar o momento que ele está vivendo, como será o relacionamento dele com o superior imediato e o restante da equipe e se as características dele estão alinhadas com a empresa, mesmo que não saibamos qual é o mapa da empresa (mas só pela data de aniversário da empresa é possível ter o conhecimento das principais características). Se o candidato tiver o Sol ou a Lua em Aquário ou o planeta Urano em destaque no mapa, sabemos que ele está na área certa e tem afinidades com o tipo de negócio da empresa, já que Aquário e o seu regente Urano estão ligados à área de Tecnologia e à modernidade.

Se essa pessoa for de Aquário e o seu superior imediato tiver características fortes de Touro, podemos saber de antemão que o relacionamento vai requerer algum esforço. Como Aquário e Touro são signos fixos, formam o que chamamos de quadratura ou um conflito de energia, isso porque ambos os signos possuem como características fortes a determinação e a consolidação. Touro é um signo do elemento Terra e Aquário do elemento Ar e por serem perseverantes e defenderem os seus pontos de vista, não entram em acordo facilmente porque possuem perspectivas diferentes: um é mais concreto e o outro é mais idealista.  Sabendo disso, o novo funcionário terá que encontrar alternativas na hora de apresentar os seus projetos para o seu chefe que provavelmente não aceitará as suas novas ideias tão facilmente e que precisarão ser aplicadas de forma muito prática. E o chefe saberá que o novo funcionário apresentará ideias originais e criativas para a empresa, mas que ele provavelmente não será tão flexível.

A Astrologia também pode ser utilizada para auxiliar no desenvolvimento de líderes, na capacitação e treinamento dos profissionais e para definir por exemplo, o início de um determinado projeto. Chamamos isso de Astrologia Eletiva, mas são assuntos que serão tratados nos próximos posts.

Imagem

Jung e a Astrologia

Carl Gustav Jung, psiquiatra e psicoterapeuta suíço que fundou a Psicologia Analítica, usou muito a Astrologia, especialmente com pessoas com as quais tinha um entendimento difícil.

Algumas citações de Jung sobre a Astrologia:

“Como sou um psicólogo, estou principalmente interessado na luz particular que o horóscopo derrama sobre certas complicações existentes no caráter. Nos casos de diagnóstico psicológico difícil, eu normalmente providencio um horóscopo para poder ter um ponto de vista partindo de um ângulo inteiramente diferente. E digo que muitas e muitas vezes descobri que os dados astrológicos elucidam certos pontos que de outro modo eu não teria sido capaz de entender”
(de uma carta para o Prof. B.V. Raman; 6 set.; 1947)

“Podemos esperar, com considerável certeza, que uma determinada situação psicológica bem definida seja acompanhada por uma configuração astrológica análoga. A Astrologia consiste de configurações simbólicas do inconsciente coletivo, que é o assunto principal da Psicologia; os planetas são os deuses, símbolos dos poderes do inconsciente.”
(Declaração de Jung numa entrevista com o editor de uma revista astrológica francesa)

“Observei muitos casos nos quais uma fase psicológica bem definida, ou um evento análogo, foi acompanhada por uma conjunção (particularmente as aflições de Saturno e de Urano).”
(Jung,1954)

Imagem

Astrologia e Arte

A Astrologia serve de inspiração para muitos artistas. Ekaterina Koroleva, uma ilustradora russa que mora e trabalha em Berlim, criou uma série de aquarelas sobre o zodíaco que eu costumo postar aqui no Blog.

O trabalho dela é uma mistura de técnicas tradicionais e digitais, inspiradas pela Art Nouveau, Expressionismo alemão e em artistas como Egon Schiele e Alfons Mucha.

As doze ilustrações são lindas.ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Bate-papo astrológico

Astrologia no Parque - Bate-papo astrológico

Encontros informais ao ar livre para simpatizantes, leigos e estudantes de Astrologia. O objetivo é conversar sobre Astrologia de uma forma leve e agradável.

Os encontros acontecerão sempre ao ar livre, com um piquenique e uma conversa leve entre amigos.

Para participar é fácil: é só me avisar e levar algo para comer ou beber e quantos amigos você quiser!

A previsão de início é  a partir de dezembro.

Programação:
Dia 15/12:
– “Vênus, a deusa do amor e dos relacionamentos.”
Local: Parque Lage
Horário: das 10h às 12h

– “ Lua- emoções à flor da pele.”
Local: Aterro do Flamengo
Horário: das 10h às 12h

– “Os Nodos Lunares e a nossa correção.”
Local: Parque Lage
Horário: das 10h às 12h

Como a Kabbalah explica a Astrologia?

Como a Kabbalah explica a astrologia?

Como os signos e os planetas influenciam nossas vidas?

Se pensarmos nos vários atributos dos signos astrológicos, perceberemos que alguns signos são melhores para iniciar coisas, outros são melhores em gerenciar e organizar; alguns signos são mais emocionais, alguns são mais frios
e lógicos. Mas a verdade é a seguinte: cada signo contém interiormente todos os outros signos, mas em graus variáveis. Devemos ter em mente que os atributos
e características de cada signo são meramente os efeitos da energia interna deste signo, não são a causa de nada.
Compreendendo a energia interna dos planetas regentes e das constelações que governam os signos astrológicos, entenderemos o porque por trás das características de cada signo e teremos nossa primeira pista do que precisamos
realizar para fazer as correções necessárias, assim não teremos que enfrentar repetidamente os mesmos obstáculos . De acordo com a Kabbalah os atributos são meramente atributos, não são positivos nem negativos. A forma como os utilizamos é que irão determinar se eles são produtivos e proativos ou se são negativos e reativos, nos mantendo amarrados no circulo vicioso de dor e
sofrimento.
Sabemos então que toda característica pode ser usada para um propósito positivo ou negativo. A única diferença é: qual é a consciência do indivíduo?
Se a consciência for de compartilhar, de tolerância e de dignidade humana, então mesmo algo que possamos considerar negativo será colocado para o uso
positivo. Tomemos como exemplo um signo cujas características sejam a competitividade e a combatividade . Ninguém gosta de lidar com uma pessoa argumentativa, mas se essa consciência competitiva é aplicada internamente,
usada para combater nossas próprias respostas negativas interiores, pessimismo e pensamento negativo, então isso se torna positivo.
A Kabbalah explica que os planetas em si são apenas transformadores , eles transformam energia espiritual em energia física, e embora essas forças nos
influenciem, não precisamos nos sujeitar a elas. Como o Kabbalista Rav Berg sempre nos ensina, as forças da astrologia impelem , mas não compelem ,estimulam , mas não forçam , significando que são forças astrológicas que
nos afetam , mas não precisamos nos tornar suas vítimas.

Rabino Joseph Saulton