Signos e Planetas

Vênus em Peixes – o amor está no ar!

Antes de começar a ler o texto, clique no vídeo abaixo, porque Vênus em Peixes merece um post com trilha sonora:

Agora que entrou no clima, já dá pra sentir como será a passagem do planeta do amor pelo décimo segundo signo do zodíaco.

Vênus ingressou em Peixes no dia 05 de abril e até o dia 02 de maio podemos ter uma certeza: serão dias mais românticos e delicados no amor. Quando Vênus transita por Peixes, signo em que está exaltada, ou seja, onde se sente bem e também é bem recebida, o melhor de Vênus é exaltado. A beleza, a arte, a harmonia, a sensibilidade e a expressão dos afetos.

Neste mês de abril, em que o Céu estará com aspectos tensos devido à energia bélica de Áries e a grande cruz cardinal que envolve os planetas Marte, Júpiter, Urano e Plutão, a suavidade e sensibilidade de Peixes atuarão como contraponto e nos ajudarão a suportar toda a pauleira deste período.

A compaixão, a generosidade, a empatia, a capacidade de se colocar no lugar do outro, de se entregar sem barreiras e fronteiras ao amor, serão o pano de fundo das relações. O amor em Peixes é romântico, idealizado. Somos enfeitiçados e parece que existe uma mágica. E de fato existe, se nos deixarmos contagiar pela magia e pelo romantismo.

O único porém é que Peixes também pode levar à confusão, ao escapismo, à dificuldade de enxergar a realidade e pode ser difícil a formação de relacionamentos firmes. E podem ocorrer desilusões e idealização excessiva. As expectativas podem ser altas demais e impossíveis de serem preenchidas.

A sensação de ligação com o outro é influenciada por anseios profundos e pelo impulso de unir-se psiquicamente ao outro; a empatia deriva da capacidade de se identificar com os sentimentos alheios.

Peixes implica em devoção, em amor desinteressado, em sacrifícios. Para que o amor verdadeiro aconteça é necessário que ele seja elevado, transcenda, fique acima dos interesses materiais e do ego. Peixes tem ligação com o divino, com o espiritual, com aquilo que é subjetivo e abstrato. Quando os interesses pessoais estão envolvidos e principalmente os interesses do ego, o amor fica preso, confuso e sofre.

Para o amor acontecer, é preciso deixar as emoções fluírem, ter confiança e acreditar no impossível, mas com leveza. É preciso deixar as coisas acontecerem, sem criar expectativas, sem idealização porque o amor é sublime, mas o ser amado é real.

Para entrar na sintonia com a energia, é importante abrir o canal da sensibilidade, seja através do contato com a arte, com a música, com a dança,com a meditação, com eventos religiosos. Ter contato com o mar, gestos solidários e entrar em comunhão consigo mesmo e com o divino.

venus

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s